Rodrigo Cass | Brasil

É artista visual, formado em artes visuais pela Faculdade Santa Marcelina, São Paulo, em 2006. Atua com pintura, vídeo e escultura. Suas obras revelam um interesse por elementos da performance e uma referência perceptível ao neoconcretismo, em cenários compostos por elementos mínimos, em que a cor aparece como componente estrutural. A narrativa é substituída pela repetição de gestos em interação com materiais que, apesar de seu caráter ordinário, possuem forte carga simbólica. Seu trabalho foi exibido no Instituto Tomie Ohtake, São Paulo (2015); Musée D’art Contemporain de Lyon, França (2014); Astrup Fearnley Museet, Oslo, Noruega (2013); The Jewish Museum, Nova York, EUA (2013); Museu de Arte da Pampulha, Belo Horizonte (2011); Centre for Contemporary Art, Tel Aviv, Israel (2008); Medellín Artes Digitales, Medelín, Colômbia (2008); Centro Cultural de São Paulo (2006); entre outros museus e instituições. Vive e trabalha em São Paulo.

Découverte des Américains | 2013, vídeo

Em um ambiente neoconcreto, folhas de papel celofane deixam a rigidez do plano e projetam-se no espaço, tridimensionais. A instância do sensorial é ativada pela metodologia hipnótica de captura da ação, apoiada na visualidade, no som e no movimento. Há, nesse registro performático, referência a artistas fundamentais para a história da arte brasileira, como Hélio Oiticica e Lygia Clark. A partir desse campo de referências, Cass elabora um novo constructo, com sua estruturação particular de corpo e espaço.

artistas selecionados pelo edital de obras