Chulayarnnon Siriphol | Tailândia

É artista visual, bacharel em artes, com especialização em filme e vídeo pelo King Mongkut Institute of Technology Ladkrabang, Bangkok, Tailândia, 2008. Atua entre filme, documentário e vídeo experimental. Seu trabalho é inspirado por memórias pessoais e por eventos da crise política tailandesa. Em suas experimentações visuais, recorrendo à sobreposição de imagens e textos em estilo de karaokê, questiona elementos da cultura da Tailândia, como os usos políticos do budismo, unindo sátira e uma reflexão sobre a transitoriedade. Seus vídeos foram exibidos em festivais e exposições como a 5th  Fukuoka Asian Art Triennale, Japão (2014); Gwangju Museum of Art, Coréia do Sul (2014); Moscow International Biennale for Young Art, Rússia (2014); Sharjah Biennial 11, Emirados Árabes (2013); Instituto Inhotim, Belo Horizonte, Brasil (2013); International Short Film Festival, Hamburgo, Alemanha (2010); International Film Festival, Hannover, Alemanha (2009); International Film Festival, Rotterdam, Holanda (2005 e 2007). Vive e trabalha em Bangkok. 

Myth of Modernity | 2014, vídeo

Situado entre o documentário e a ficção, o filme começa investigando o impacto do modernismo na cultura tailandesa, em especial em sua arquitetura, e transforma-se em uma ficção científica em que a população do país é hipnotizada por uma figura piramidal de luz. Siriphol promove uma análise das estruturas de poder que se perpetuam ao longo da história, por meio, inclusive, de uma arquitetura do poder, seja de ordem divina ou terrena.

artistas selecionados pelo edital de obras